960x100 basa novo

Chuva associada à microexplosão esvazia estoques de telhas em lojas

Chuva associada à microexplosão esvazia estoques de telhas em lojas

Os estragos da forte chuva com rajadas de ventos superiores a 100 km/h causaram correria neste sábado às lojas de materiais de construção de Rio Branco. Na unidade de uma das gigantes do setor, na avenida Ceará, o estoque de telhas esgotou-se em duas horas, com os consumidores fazendo fila para as compras.

“Nunca vi isso antes. Muitas pessoas foram realmente prejudicadas e temem novos temporais com suas casas destelhadas”, diz Arnaldo Santos, um dos vendedores espalhados pelo comércio.

Na tarde desta sexta-feira, 6, um vendaval deixou um rastro de destruição na capital do Acre, virando barcos e arcando árvores pela raiz que caíram sobre carros. A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil foi acionada pelo prefeito Marcus Alexandre e uma força tarefa percorreu locais onde a população precisou de ajuda.

Segundo técnicos do Município, um dos locais mais atingidos com os estragos foi a região do Centro de Rio Branco e parte do Segundo Distrito, sobretudo o bairro Cidade Nova.

“Lá em casa voou até as tampas da caixa d’água. Foram parar no telhado do vizinho onde três telhas foram quebradas. Também nunca tinha visto algo assim”, conta, ainda impressionada, a camareira Clotilde Silva, de 52 anos, moradora da rua Estado do Acre, no bairro Base, às margens do rio Acre.

O fenômeno pode estar associado a microexplosão. Ela acontece quando há um aquecimento violento do clima durante o dia, e que ao final da tarde ou ao longo da noite, essa temperatura começa a diminuir.

Mas o acúmulo de umidade e de calor intensificam as nuvens e com a redução da temperatura essas mesmas nuvens atingem seu pico máximo, causando temporais muito fortes.

A diferença da microexplosão para o tornado é que a primeira é uma corrente de ar que desaba em linha reta, formando um corredor de vento e sobre uma área determinada. Já o tornado é uma forte corrente de ar que desce das nuvens em espiral.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo