960x100 basa novo

Solar Kids dá salto na qualidade e adota Sistema Anglo de Ensino

Solar Kids dá salto na qualidade  e adota Sistema Anglo de Ensino

Há quatro anos colaborando com a educação de qualidade em Rio Branco, a escola de ensino infantil e fundamental Solar Kids, dá mais um passo no que diz respeito à construção de novos caminhos e adotou o Sistema Anglo de Ensino. Desde 2016 em análise, a direção da escola aderiu ao método com o objetivo de oferecer uma melhor formação aos seus estudantes.

“Após avaliarmos uma série de aspectos, teremos, a partir de 2018, o Sistema Anglo de Ensino. Digo isso porque viajei para São Paulo duas vezes e participei de um congresso com eles e, finalmente, tomamos a decisão de aderir a este sistema”, conta a diretora pedagógica Socorro Pessoa.

A escola, que desde a sua fundação, atua preocupada com a melhoria continuada da educação, oferece em sua estrutura, além da educação de qualidade, a formação dos estudantes com o ensino de valores éticos e morais, incentivando o convívio em sociedade.

“Estamos contentes com a mudança. Agora, nosso estudante vai sair daqui e chegar à outra escola e vai poder dar continuidade ao sistema de ensino. Isso foi um dos motivos para a nossa mudança”, esclarece Socorro, orgulhosa.

A nova proposta de trabalho trouxe a perspectiva do crescimento educacional com a agregação de valores. “O principal, quando você uma faz troca destas, é porque você quer o melhor. Nós queremos ser feras também”, afirma.

A garantia de uma boa educação

Os ensinamentos são praticados em várias esferas, desde educação no trânsito, no qual os pequenos aprendem o respeito pela sinalização e pelos pedestres. Ainda tem um pomar com diversidade de árvores frutíferas, os animais garantem o contato com a natureza e os animais. Além disso, a sala de leitura permite um contato com o mundo imaginário. Outra preocupação é em manter uma boa alimentação que conta com o acompanhamento de um nutricionista e acompanhamento do psicólogo que faz a orientação pedagógica.
ESPECIAL SOLAR KIDS FOTO JUAN DIAZ 39

Toda a estrutura é feita para oferecer o conforto adequado e para estimular a confiança dos pais, através da transparência no trabalho. E o mais importante: promover a boa formação dos alunos. Para isso, a Solar Kids fornece ainda formação continuada constante aos colaboradores.

A instituição é a primeira a trabalhar com o ensino bilíngue, ou seja, é uma escola brasileira que atua com dois idiomas em parceria com a Pearson Bilingual Program. Os educadores são fluentes na língua inglesa e desenvolvem diariamente atividades sequenciadas e planejadas, trabalhando de forma lúdica.

Diferencial do novo Sistema

Segundo Priscila Couto Reis, pedagoga da instituição, o sistema Anglo tem muitas inovações. “Os conteúdos estão inovadores e a proposta curricular está excelente. Entramos no sistema para fazer um diferencial, tanto para agregar valores, pois é um material de qualidade, assim como elevar nosso ensino.”

especial2A pedagoga diz ainda que Bruno Piubeli, sociólogo e cientista político, formado pela Universidade Estadual de Campinas, professor de sociologia e filosofia, e Head de Sistema de Ensino da Somos Educação, veio para a capital palestrar aos pais dos alunos, no início de novembro.

“Ele falou das propostas do Anglo, das vantagens e da nova implantação em nossa escola. E os pais gostaram bastante, pois temos, aqui, até o ensino fundamental e quando a criança sair pode dá segmento em outra escola com o mesmo sistema”, afirma.

A professora destacou que o novo sistema prepara o estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) o que agrada ainda mais os pais, que visam o ingresso dos filhos no ensino superior.

“Eles [os pais] querem um trabalho, no qual a cada dia sua criança evolua. Inclusive, alguns pais que lembraram ter estudando no sistema Anglo”.

Ela ressalta que não foi a Solar Kids quem escolheu o Anglo, mas sim o Anglo quem escolheu a escola. A pedagoga diz, inclusive, que a escola tem que seguir padrões para continuar dentro da nova forma de ensino, caso contrário perde o direito de continuar no Anglo.

Para a professora e mãe de aluno, Talita Asfury, é gratificante trabalhar e ter o filho estudando na instituição, pois confia nos profissionais e na área pedagógica.

“Meu filho tem quatro anos e está no K 4 (pré- I na rede pública) e já está lendo, fazendo a letra cursiva. Aqui, ele tem aulas extras como: aula de expressão corporal, música. Os professores são acolhedores e todos nós conhecemos todos os alunos.

Além das aulas descritas, no pacote já vem incluso também aula de capoeira, e extra a de futsal.

Novo sistema foi fundado no Século 19

WhatsApp Image 2017 11 26 at 19.50O Sistema Anglo iniciou no século 19, em 1894, quando o educador português Antônio Guerreiro chegou ao Brasil e fundou, na cidade de São Paulo, o Ginásio Professor Guerreiro - por ele renomeado, depois da Primeira Guerra Mundial, Ginásio Anglo-Latino, em homenagem aos aliados.

“Nossa escola não foi comprada, apenas, passamos a trabalhar com o mesmo sistema que outra instituição, aqui, na capital”, esclarece Priscila Couto Reis.

O lema do novo ensino “Aqui se ensina, aqui se aprende” é mantido desde sua fundação. Este sistema se caracteriza pela inovação na área educacional: criou os primeiros fascículos teóricos, as primeiras coleções de exercícios, os primeiros simulados, o

“O Anglo Resolve” - publicação que resolve e comenta os exames vestibulares de várias universidades.

E, criou também a apostila-caderno, que revolucionou o mercado de material didático. E inovou mais uma vez ao associar livros às apostilas, no Ensino Médio e no Pré-Vestibular.

Ensino integral

“Durante esse período nós trabalhamos com uma equipe direcionada exclusivamente para atender as crianças que são agrupadas em faixa etárias. Eles [os alunos] participam de uma rotina diária que começa com banho almoço e atividades pedagógicas e recreativas”, explica Socorro por outro diferencial do Solar Kids: o ensino integral.

As aulas iniciam às 7h30 e encerra às 17h40. Além disso, existe a opção do semi-integral, no qual a criança pode ficar até às 14 horas na escola. Outro diferencial é que o Solar Kids, também recebe crianças de outras escolas para aulas de reforços.

Socorro diz que todas as formas de atendimento são feitas pensando em acolher a necessidade do aluno e da família, por isso esta flexibilidade e várias formas de atender e receber os pequenos.

“Tem pai que precisa que o filho fique dois dias na escola, então ele fica dois dias. Outros os pais trabalham até às 14 horas, por exemplo, então o pai tem a opção de que ele fique na escola até esse período, e nós os recebemos desta forma”, explica.

As matrículas para o ano letivo de 2018 estão abertas a partir de hoje, 27, os pais interessados podem procurar a direção da escola para mais informações.

ESPECIAL SOLAR KIDS FOTO JUAN DIAZ 44

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo